Compromisso para renovar a vida

Para o planeta

Gerar energia limpa

Nosso progresso

0 %

contexto

O licor negro é um dos subprodutos da produção de celulose, composto por lignina e resíduos químicos provenientes da etapa de cozimento, que é queimado na caldeira de recuperação. Os produtos químicos voltam para o processo produtivo e o vapor gerado é destinado aos turbogeradores para a conversão de energia térmica em elétrica. Assim, nossas operações industriais utilizam essa biomassa para a geração de energia elétrica renovável.

Dessa forma, grande parte das fábricas da Suzano são autossuficientes em energia, ou seja, suprem a demanda de consumo interno e ainda exportam o excedente para o sistema interligado nacional. Essa exportação contribui para a demanda de energia do país e para a renovabilidade da matriz energética, suportando a transição para uma economia de baixo carbono. 

informações sobre o KPI da meta
escopo

Energia renovável gerada a partir de biomassa em nossas Unidades Industriais e exportada para o sistema nacional de energia.

baseline
214 MWm (ano: 2018¹).
ambição

Aumentar em 50% a exportação de energia renovável à rede - de 214 MWm para 322 MWm até 2030.

resultados em 2021

Ao longo de 2021, trabalhamos na otimização de eficiência, utilizando ciência de dados para determinar o ponto ótimo de geração e distribuição de vapor, com foco em eficiência energética das turbinas dos turbogeradores. Em contrapartida, tivemos o impacto da parada de um dos turbogeradores da Unidade Imperatriz (MA) no primeiro semestre do ano, o que afetou significativamente o volume total de exportação de energia. A operação do turbogerador foi regularizada no início de 2022. Ainda assim, exportarmos 189 MWm de energia renovável.

Anunciamos o investimento na construção de uma nova planta de produção de celulose em Ribas do Rio Pardo (MS), que será responsável por gerar 180 MWm excedentes, sendo previstos o envio de 125 MWm para o sistema nacional.
 

Acompanhamento do kpi
Acompanhamento do KPI:2018201920202021
MWm MWm MWm MWm

Energia elétrica renovável exportada (em MWm)

214,00

171,00

193,00

189,00

O que faremos em 2022

Seguiremos trabalhando no desenvolvimento de projetos voltados à ampliação da disponibilidade de vapor para a geração de energia, incluindo a melhoria da performance de nossas turbinas e otimização do consumo térmico, e perseguindo iniciativas de redução de consumo de energia. Além disso, realizaremos projetos de modernização em algumas da nossas Unidades Industriais, tanto com o objetivo de otimização do consumo de energia quanto de ampliação da energia gerada. 

1. A escolha do ano de 2018 como baseline se deve ao fato de não terem ocorrido variações significativas de produção em nossas Unidades Industriais neste período. Com isso, o valor adotado representa melhor o potencial de exportação de energia atual da Companhia. Visando maior transparência e alinhamento de procedimentos, também ajustamos o baseline da meta e resultados de 2019 considerando dados de exportação da Veracel, joint venture entre Suzano e Stora Enso, com 50% de composição acionária para cada uma das empresas.

Este conteúdo foi útil?

Compartilhe este conteúdo: