contexto

A cadeia de suprimentos da Suzano é diversa e composta de fornecedores(as) segmentados(as) nas macrocategorias: atividades de operações, serviços, logística, marketing e vendas, e ainda atividades de apoio, como de infraestrutura e desenvolvimento tecnológico. Em 2023, transacionamos com aproximadamente 14,7 mil fornecedores(as), sendo que em nossa base de dados constavam 32,1 mil. O custo com pagamento de fornecedores(as) foi de aproximadamente R$ 42,5 bilhões

Na Suzano, praticamos uma gestão próxima da nossa cadeia de fornecedores(as), com time dedicado ao monitoramento e desenvolvimento dos(as) parceiros(as). O processo de homologação e cadastro abrange 100% dos(as) fornecedores(as), contemplando documentações mandatórias de acordo com o segmento de contratação. Incorporamos nesse processo requisitos de sustentabilidade, avaliando mecanismos e estratégias relacionados a gestão e desempenho social, governança corporativa, sistema de gestão da qualidade, integridade, due diligence e meio ambiente. 

O processo de compras alcançou o Net Promoter Score (NPS) de 78 em pesquisa de satisfação de fornecedores(as) aplicada por uma consultoria global especializada.
 

Fornecedores(as) centralizados(as)

Em 2023, foram homologados 72% dos(as) fornecedores(as) contemplando critérios ambientais e 100% com critérios sociais. Para mais informações, acesse o indicador “Número total e porcentagem de novos(as) fornecedores(as) selecionados(as) com base em critérios ambientais e sociais”. 

Evoluímos na automatização e análise de dados para aprimorar processos de predição de riscos, conferir eficiência às auditorias na cadeia de fornecedores(as) e apoiar a tomada de decisão para compras mais responsáveis. Nesse sentido, firmamos e mantivemos importantes parcerias para nos apoiar nessa jornada de transformação, entre elas com a plataforma Linkana.

O programa de Índice de Desempenho de Fornecedores (IDF), que avalia fornecedores(as) críticos(as), foi reformulado e novas questões foram incorporadas ao método, principalmente nos requisitos de meio ambiente, social e segurança, com uma média de aprovação de 96%. Para os (as) fornecedores(as) que ficaram abaixo do índice desejado, definimos planos de ação, com possibilidade de bloqueio, suspensão ou descredenciamento em caso de descumprimento. 

Demos continuidade ao processo de auditoria externa de segunda parte em fornecedores(as) de alto risco sob a perspectiva socioambiental, iniciado em 2022. O processo considerou os (as) fornecedores(as) priorizados(as) para o primeiro ciclo da iniciativa. Mais da metade (60%) dos(as) fornecedores(as) auditados(as) também foi monitorada por meio da plataforma Reprisk.

Para este indicador, consideramos fornecedores(as) críticos(as) aqueles(as) que fornecem itens com potencial de gerar grandes impactos na capacidade ou qualidade dos produtos, no desempenho de processos, na segurança dos equipamentos e colaboradores(as), na saúde de nossa equipe e na integridade de equipamentos, e também fornecedores(as) de alto risco para a sustentabilidade, auditados(as) por segunda parte em 2023.

Consideramos fornecedores(as) de alto risco de sustentabilidade os (as) que possuem alto nível de severidade e probabilidade de impacto socioambiental e alto nível de corresponsabilidade da Suzano. Para saber mais, acesse nossa Política de Compras Sustentáveis.

No ano de 2023, também foi oferecido o treinamento “Retirada de pessoas da linha da pobreza” para compradores(as), alinhado com os Compromissos para Renovar a Vida da Suzano e com a finalidade de engajá-los(as) em ações sociais com os (as) fornecedores(as). O treinamento contou com a presença de 167 pessoas, cerca de 35% do time de Suprimentos.


Fornecedores de madeira

O fornecimento de madeira, avaliado na perspectiva ambiental, social e econômica, é definido na Matriz de Risco Socioambiental como crítico e de alto risco de sustentabilidade (Política de Compras Sustentáveis). Como metodologia adicional de avaliação de risco, utilizamos os padrões de certificação e regulamentações internacionalmente reconhecidos, como as normas do FSC®, Análise Nacional de Risco para o Brasil, European Timber Regulation (EUTR) e United Kingdom Timber Regulation (UKTR), que são contemplados na Política de Suprimentos de Madeira.

Os processos de monitoramento e a mitigação dos riscos são detalhados no indicador “Número total e porcentagem de fornecedores(as) que passaram por avaliação ambiental e social”.

Comprometida com práticas de sustentabilidade na cadeia de fornecimento, a Suzano incentiva os (as) fornecedores(as) de madeira a buscar as certificações de Manejo Florestal FSC® e/ou PEFC. Para garantir a origem responsável da madeira proveniente de parceiros(as) que não participam do programa de certificação de manejo florestal, aplicamos um sistema de due diligence baseado na Política de Suprimentos de Madeira da empresa, em regulamentações internacionais e normas de Madeira Controlada/Fontes Controladas FSC® e PEFC. As due diligences verificam o atendimento de requisitos ambientais, sociais, legais e trabalhistas em auditorias de primeira e segunda parte, além de auditorias de terceira parte realizadas por organismos independentes. A execução dessa prática contempla tanto os (as) fornecedores(as) diretos(as) de madeira quanto os (as) indiretos(as) que realizam a colheita e o transporte.

Nas tabelas abaixo estão disponíveis as seguintes informações:

  • Número total de fornecedores(as) críticos(as);
  • Porcentagem de fornecedores(as) críticos(as);
  • Seleção de fornecedores(as).

Número total de fornecedores(as) críticos(as)¹

2020202120222023
número total número total número total número total

Número total de fornecedores(as) centralizados(as) críticos(as)

458

410

696

719

Número total de fornecedores(as) críticos(as) [fornecedores(as) de madeira]

n/d

853

1.218

981

Total de fornecedores(as) centralizados(as) críticos(as) (nível 1 e não nível 1) avaliados(as)

n/d

375

696

719

Total de fornecedores(as) críticos(as) (nível 1 e não nível 1) avaliados(as) [fornecedores(as) de madeira]

n/d

853

1.218

981

Total de fornecedores(as) centralizados(as) com alto risco de sustentabilidade avaliados(as)

n/d

702

533

521

Total de fornecedores(as) com alto risco de sustentabilidade avaliados [fornecedores(as) de madeira]

n/d

853

1.218

981

  1. Fornecedores(as) centralizados(as): para este indicador, consideramos fornecedores(as) críticos(as) aqueles(as) que fornecem itens com potencial de gerar grandes impactos na capacidade ou qualidade dos produtos, no desempenho de processos, na segurança dos equipamentos e colaboradores(as), na saúde de nossa equipe e na integridade de equipamentos, avaliados anualmente no Índice de Desempenho de Fornecedores (IDF), e também os (as) fornecedores(as) de alto risco para a sustentabilidade, auditados por segunda parte em 2023. Consideramos fornecedores(as) com alto risco de sustentabilidade avaliados(as) todos(as) que passaram por auditoria de segunda parte em 2023 e os (as) que tiveram quesitos ambientais e/ou sociais avaliados no processo de Avaliação de Desempenho de Fornecedores(as).
    Fornecedores(as) de madeira: foram considerados(as) 981 fornecedores(as) críticos(as) [número de fazendas e fornecedores(as) de serviço para colheita e transporte da madeira] – 317 áreas de fornecimento de madeira (tier 1), onde os serviços de colheita e transporte foram contratados pelo(a) próprio(a) proprietário(a) das fazendas [fornecedores(as) non-tier 1], totalizando 634 (317 tier 1 + 317 non-tier 1); 65 áreas de fornecimento de madeira (tier 1), onde os serviços de colheita e transporte foram contratados diretamente pela Suzano (tier 1), totalizando 130 (65 tier 1 + 65 tier 1); 196 áreas de fornecimento de madeira, onde a colheita e o transporte foram realizadas por operação própria da Suzano, totalizando 196 (tier 1); 21 áreas de fornecimento de madeira, que correspondem a fornecedores(as) certificados(as) pelo manejo florestal, totalizando 21 (tier 1).

Porcentagem de fornecedores(as) críticos(as)

2020202120222023
% % % %

Porcentagem de fornecedores(as) centralizados(as) críticos(as) [em relação ao total de fornecedores(as)]

4,00%

3,00%

5,00%

5,00%

Porcentagem de fornecedores(as) críticos(as) [em relação ao total de fornecedores(as)] – fornecedores de madeira¹

100,00%

100,00%

100,00%

100,00%

Porcentagem do total de compras gasto com fornecedores(as) centralizados(as) críticos(as)

41,00%

37,00%

37,00%

37,00%

Porcentagem do total de compras gasto com fornecedores(as) críticos(as) – fornecedores(as) de madeira¹

100,00%

100,00%

100,00%

100,00%

  1. Na Suzano, de acordo com a Matriz de Avaliação de Fornecedores(as), todo(a) fornecedor(a) de madeira é considerado(a) crítico(a). Portanto, todos os gastos com fornecedores(as) de madeira são considerados gastos com fornecedores(as) críticos(as).

Seleção de fornecedores(as)¹

20222023
Número total de fornecedores(as) tier 1Número total de fornecedores(as) significativos(as) (tier 1 e não tier 1)Número total de fornecedores(as) significativos(as) no tier 1Número total de fornecedores(as) significativos(as) no não tier 1% do gasto total com fornecedores(as) significativos(as) em tier 1Número total de fornecedores(as) tier 1Número total de fornecedores(as) significativos(as) (tier 1 e não tier 1)Número total de fornecedores(as) significativos(as) no tier 1Número total de fornecedores(as) significativos(as) no não tier 1% do gasto total com fornecedores(as) significativos(as) em tier-1
número total número total número total número total % número total número total número total número total %

Fornecedores(as) de madeira

878

1.218

878

340

100,00%

664

981

664

317

100,00%

Fornecedores(as) centralizados(as)

12.722

696

696

0

37,00%

14.008

719

719

0

37,00%

Total

13.600

1.914

1.574

340

38,91%

14.672

1.700

1.383

317

40,00%

  1. O total de fornecedores(as) de madeira tier 1 e não tier 1 considera: número de fazendas contratadas (tier 1) + fornecedores(as) de serviço para colheita e transporte de madeira que podem ser tier 1 [contratados(as) pela Suzano] e não tier 1 [contratado(as) pelo(a) proprietário(a) da fazenda]:
    • Total tier 1: 664 = 599 o número de fazendas + 65 fornecedores(as) de serviço para colheita e transporte contratados(as) diretamente pela Suzano;
    • Total não tier 1: 317 = 317 fornecedores(as) de serviço para colheita e transporte contratados(as) pelo(a)  proprietário(a) da fazenda.

Informações complementares

Fornecedores(as) centralizados(as)

Dados os diferentes negócios da Suzano, implementamos a Matriz de Risco Socioambiental, que nos permite definir critérios de monitoramento consistentes alinhados aos Compromissos para Renovar a Vida da empresa, garantindo a mitigação de riscos desde o cadastro, passando pelo monitoramento e pela avaliação de desempenho alinhado à Política de Compras Sustentáveis e ao Código de Conduta do Fornecedor. Em 2023, avançamos na identificação dos riscos dos(as) fornecedores(as) para além do tier 1, realizando o monitoramento documental de subfornecedores(as), contratados(as) por fornecedores(as) de serviços fixos, e medidas de gestão serão tomadas em 2024. 


Fornecedores(as) de madeira

Todas as áreas de fornecimento de madeira para a Suzano, incluindo as de fornecedores(as) (tier-1 e non-tier 1), são monitoradas com base em requisitos ambientais, sociais, econômicos e legais. Para tanto, adotamos a Política de Suprimentos de Madeira e a Política de Desmatamento, cujo desenvolvimento observa o Código Florestal Brasileiro, os critérios da Política de Associação do FSC®, os padrões de Manejo Florestal e de Cadeia de Custódia FSC® e PEFC, Madeira Controlada FSC®, Fontes Controladas PEFC, European Timber Regulation (EUTR), United Kingdom Timber Regulation (UKTR), Lacey Act (Estados Unidos), Australian Illegal Logging Prohibition Act e os Princípios Fundamentais da Organização Internacional do Trabalho (OIT).